Início de Jesualdo tem números parecidos com era Jair Ventura

A temporada do Santos está aquém do esperado. Críticas a comissão técnica de Jesualdo Ferreira e a falta de gols, vem incomodando a torcida santista, que pressiona, muitas vezes, pela saída do experiente português. Apesar do pouco tempo no clube, com apenas 15 jogos, o comandante já vê o seu trabalho sendo pressionado.

Com algumas ressalvas, o trabalho desta temporada pode se assemelhar com o de Jair Ventura no ano de 2018.

Naquela temporada, o Santos foi eliminado nas semifinais do Paulistão para o Palmeiras nas penalidades e já havia passado dessa forma pelo Botafogo-SP nas quartas. O Peixe terminou a campanha no estadual com seis vitórias, cinco empates e cinco derrotas. Foram 19 gols marcados e 15 gols sofridos.

Já neste ano, com Jesualdo Ferreira, o Santos terminou o estadual com quatro vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Foram 14 gols pró e 15 gols contra. Nas duas situações, o Peixe passou de fase em primeiro do grupo, mas com Jesualdo foi eliminado antes, nas quartas de final, para a Ponte Preta.

Outra questão que os dois se assemelham são nos quinze primeiros jogos no comando da equipe. Se contarmos todas as competições, Jair Ventura conquistou seis vitórias, cinco derrotas e quatro empates. Porém, uma dessas derrotas aconteceu na Libertadores, competição em que o Santos ainda está invicto neste ano.

Os resultados do Santos são muito semelhantes nesta temporada. Foram as mesmas seis vitórias, cinco empates e quatro derrotas se contarmos todas as competições. Porém, diferentemente de 2018, o Santos está invicto na Liberta.

Vale lembrar que Jair foi demitido do Santos em julho, com 39 jogos, sendo 14 vitórias, 10 empates e 15 derrotas, um aproveitamento de 44,4%. Resta esperar uma melhora do Santos e se Jesualdo continua no cargo do Peixe.

Comparativo Jesualdo x Jair Ventura (primeiros 15 jogos)

Jesualdo

seis vitórias (Guarani, Inter de Limeira, Botafogo-SP, Defensa y Justicia-ARG, Mirassol e Delfín-EQU)
cinco derrotas (Corinthians, Ituano, São Paulo, Novorizontino e Ponte Preta)
quatro empates (Red Bull Bragantino, Ferroviária, Palmeiras e Santo André)

Jair Ventura

seis vitórias (Linense, Ponte Preta, São Caetano, São Paulo, Santo André e Nacional-URU)
cinco derrotas (Bragantino, Palmeiras, Real Garcilaso-PER, Novorizontino e São Bento)
quatro empates (Ituano, Ferroviária, Corinthians e Botafogo-SP)

Deixe um comentário