Presidente garante: Jesus fica. Técnico não quis falar sobre o futuro

São Paulo, Brasil

Foram quatro minutos e cinco segundos.

De pura angústia.

A repórter da FlaTV teve Jorge Jesus à disposição.

Fez quatro perguntas e ainda o mandou mostrar a medalha de conquista do Campeonato Carioca.

Mas não veio a pergunta óbvia.

Se Jorge Jesus ficaria ou não no Flamengo.

Funcionária, ela cumpre ordens.

O canal no Youtube não é independente, pertence ao clube rubro negro.

Tanto é verdade que o presidente Rodolfo Landim foi entrevistado e também não teve de responder a pergunta se Jorge Jesus seguirá no clube.

Até o vice de futebol Marcos Braz deu suas explicações, mas não tocou no futuro do treinador. 

O convite do Benfica existe e é real.

Mas longe do microfone oficial do Flamengo, no começo da madrugada, o presidente Landim não escapou do tema.

“Segunda-feira, ele (Jesus) está treinando o time. É isso que está marcado. Todo mundo está liberado hoje  e todo mundo treina na segunda-feira. Nós estamos contando com ele lá na segunda-feira, foi o que eu falei agora com ele no vestiário.”

Na verdade, a reapresentação é na terça-feira.

Perguntado se Jesus havia falado sobre o interesse do Benfica, Landim foi direto.

“Ele não passou nada sobre isso.”

O vice Marcos Braz foi direto aos jornalistas.

“O nosso técnico estará treinando o time na próxima terça-feira, depois da folga, pela conquista do Carioca. Nosso técnico é o Jesus.”

Nas redes sociais, Jorge Jesus foi enigmático.

“Orgulhosos por marcar nosso nome na história rubro-negra com mais um título, por proporcionar mais esta alegria à Nação.
#flamengo #crf #naçãorubronegra #futebol”

Mas neste cenário de indefinição, a situação segue clara.

Jorge Jesus tem a proposta do Benfica.

E multa baixa, 1 milhão de euros, R$ 6 milhões.

Se ele quiser ir, basta o clube português pagar e acabou.

De pouco importa o que dizem Landim e Braz.

Na prática, tudo depende de Jorge Jesus…

Deixe um comentário