DF deve ser 1º a estender quarentena até o fim de maio

A quarentena no Distrito Federal não acaba até o fim de maio. A informação é do governador Ibaneis Rocha (MDB), que publicou ontem um decreto que estende oficialmente o recolhimento social na capital federal até o dia 13 de abril.

Oficialmente, a quarentena do DF acabaria no próximo dia 5, mas o governo ampliou o prazo para mais uma semana.

Leia mais: Coronavírus: isolamento social precisa durar ao menos dois meses

Ao Estado, o governador reconheceu que, na prática, trata-se de uma formalidade, já que o pico da covid-19 no País está estimado para ocorrer entre a segunda quinzena de abril e início de maio. “Não tem último dia de quarentena.

O último dia será quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) disser que isso acabou, que teremos tratamento e pudermos sair com segurança”, disse. “A gente tem de ir fazendo isso aos poucos, liberando alguns setores que possam voltar ao trabalho, com menos impacto e que ajudem a população. Só isso.”

Segundo o governador, os decretos sobre as quarentenas são publicados antecipadamente para dar previsibilidade. Na última semana, o governo do DF liberou a abertura de correspondentes bancários e lotéricas, que atendem pessoas que recebem benefícios sociais.

Ibaneis está analisando alguns setores específicos, como oficinas mecânicas, que não têm aglomerações. “Estamos analisando caso a caso. Vamos cobrar compromissos de higienização, mas tudo está sendo analisado.”

As escolas seguirão de portas fechadas até o fim do semestre. “Sobre o retorno de aulas, por exemplo, eu não calculo o retorno antes de junho, de maneira nenhuma. Se todos nós, autoridades e população, seguirmos as orientações de isolamento e cuidados, mais cedo vamos sair dessa crise. A medida do isolamento é dura e difícil, mas é necessária”, disse Ibaneis.

Hospitais

Um total de 146 salas comerciais que rodeiam a estrutura do Estádio Mané Garrincha, em Brasília, será transformado em um hospital de campanha para apoiar os atendimentos a pessoas contaminadas pelo coronavírus. “De hoje (ontem) para amanhã (hoje) estou publicando o edital de construção de nosso hospital de campanha do Distrito Federal”, disse. “A ideia é usar esse espaço. São áreas prontas, com energia e ar condicionado.”

O hospital de campanha vai receber pessoas que estavam em situação grave, mas se recuperaram e precisam ficar em um ambulatório, para observação. “Será um hospital de apoio, para servir na parte ambulatorial, não como UTI.” A estrutura deve ficar pronta entre 15 e 20 dias, segundo o governador. O DF tem cerca de 800 unidades de tratamento intensivo (UTIs) à disposição, se somados os da rede pública e privada.

Rio e SP

Ontem, o governo do Estado do Rio de Janeiro iniciou a montagem do hospital de campanha contra ao novo coronavírus no Maracanã. A estruturação teve início pela pista de atletismo desativada e a expectativa é de cerca de 400 leitos. Nesta semana, também deve começar a funcionar em São Paulo o hospital de campanha no Estádio do Pacaembu.

Surfista brasileiro está confinado em El Salvador por causa do coronavírus

O surfista João Neves está confinado em El Salvador por conta da pandemia do novo coronavírus. O brasileiro tinha passagem marcada para sair do local nesta quarta-feira, mas todos os voos no país foram cancelados por conta da quarentena imposta desde o último dia 17.

“Meu voo foi cancelado pela companhia aérea e recebi a notícia que marcaram a passagem somente para o dia 5 de maio. Desde a semana passada sou impossibilitado de sair para comprar comida ou qualquer coisa necessária. Tenho recebido ajuda dos locais para fazer o mínimo das necessidades”, conta João, que está sozinho numa pousada em El Cuco, na praia de Las Flores.

“A responsável pela pousada está deixando eu usar a cozinha e a internet. Uma pessoa ao centro e faz a compra da semana, mas sou só eu de hóspede desde o dia 17”, relatou o surfista.

João já entrou em contato com a embaixada do Brasil, mas segue sem retorno. “Contando comigo, parece que ainda tem 19 brasileiros aqui em El Salvador, porém estou sozinho neste lado do país. O restante está a quatro horas daqui, na capital, San Salvador. A situação está cada vez mais complicada”, ressalta.

Governo mantém fechada fronteira com Venezuela por mais 30 dias

Foi publicado na noite desta terça-feira (31) a portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública que prorroga o fechamento da fronteira do Brasil com a Venezuela por mais 30 dias.

Mais cedo o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, já havia anunciadoem coletiva de imprensa que prorrogaria o fechamento, determinado por ele em 19 de março.

Leia também: Japão amplia veto a viajantes de 73 países, incluindo o Brasil

A portaria mantém o fechamento alegando razões sanitárias, devido a crise relacionada a Covid-19 e proíbe a entrada exclusivamente de venezuelanos.

Brasileiros, autoridades e profissionais em missão humanitária, desde que autorizadas pelo governo brasileiro, não são afetados pela restrição.

Quem for pego descumprindo a decisão será deportado e fica imposibilitado de pedir refúgio, além de responder por processo civil e penal.

Jon Jones vai cumprir um ano de liberdade condicional por dirigir bêbado

Jon Jones, campeão dos meio-pesados do UFC, se declarou culpado por dirigir bêbado na cidade de Albuquerque, no Novo México. O norte-americano foi detido no última quinta-feira sob efeito de bebida alcoólica, uso negligente de arma de fogo, posse de garrafa de bebida e ausência de documentação. Ele foi solto após pagamento de fiança.

De acordo com os registros judiciais, o lutador de 32 anos chegou a um acordo com as autoridades e foi condenado a um ano de liberdade condicional. Jones terá de usar uma tornozeleira, cumprir tratamento ambulatorial de no mínimo 90 dias, além de pagamento de multa e 96 horas num programa de custódia comunitário.

Parte do acordo judicial retira as outras acusações de Jones, como a posse de arma. Em uma declaração, o lutador chegou a pedir desculpas. “Aceito total responsabilidade por minhas ações e sei que tenho alguns trabalhos a fazer, que envolve a relação doentia que tenho com álcool.”

Na semana passada, Jones foi encontrado em seu carro, que estava ligado, com uma arma debaixo do banco do motorista e uma garrafa pela metade de bebida alcoólica no banco traseiro. Submetido ao teste do bafômetro, o lutador apresentava duas vezes a quantidade de álcool permitida por lei.

Vale lembrar que o lutador soma problemas com a polícia desde 2012, quando, bêbado, bateu seu carro em um poste em Binghamton. Em 2015, ultrapassou o sinal vermelho e colidiu com dois carros. No acidente, uma mulher grávida morreu. Jones se apresentou à polícia e foi condenado a 18 meses de prisão domiciliar. Ano passado, ele foi detido após molestar uma dançarina em uma casa noturna também em Albuquerque.

Lasmar diz que Blanco treinará no Atlético-MG na retomada das atividades

Ainda sem data marcada, a retomada das atividades do Atlético Mineiro deverá contar com uma novidade nos campos da Cidade do Galo. De acordo com Rodrigo Lasmar, chefe do departamento médico do clube, o volante está completamente recuperado das cirurgias realizadas no joelho esquerdo e deverá estar à disposição do técnico Jorge Sampaoli na reapresentação do elenco.

Lasmar lembrou que Blanco já havia sido liberado para realizar alguns trabalhos antes da pausa das competições em função da pandemia do coronavírus – o último jogo do Atlético-MG foi em 14 de março.

“O Blanco vem em uma fase final de recuperação. Se não tivéssemos essa parada devido ao coronavírus, ele já estaria treinando junto ao grupo. Na semana que antecedeu o encerramento das atividades no CT, ele estava finalizando conosco todo o trabalho”, afirmou, explicando que o jogador estaria treinando sem restrições não fosse essa pausa.

“Na semana seguinte, ele já estaria sendo entregue à preparação física e posteriormente ao treinador para ficar à disposição. Ele já vem fazendo um trabalho físico bem intenso, então a questão física não deve ser um grande problema. Nós acreditamos que assim que terminar essa interrupção, o Blanco já esteja à disposição para se juntar ao grupo do Sampaoli”, acrescentou o médico em entrevista à TV Galo, o canal no YouTube do clube.

Blanco não entra em campo desde junho de 2018. Desde então, precisou passar por duas cirurgias no joelho esquerdo, realizadas em julho de 2018 e fevereiro do ano passado. Ele chegou ao clube em junho de 2017 e se tornou titular absoluto no primeiro semestre de 2018, quando o Atlético chegou a liderar o Campeonato Brasileiro. Seu contrato é válido até dezembro de 2022.

O elenco do Atlético inicia nesta quarta-feira um período de 20 dias de férias coletivas. A retomada das atividades, no entanto, é uma incógnita por causa do surto do coronavírus no Brasil.

Justiça libera funcionamento de igrejas e casas lotéricas

O TRF2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) atendeu a um pedido da AGU (Advocacia-Geral da União) e liberou a vigência de um decreto editado pelo presidente Jair Bolsonaro que colocava igrejas, templos religiosos e casas lotéricas como serviços essenciais durante a pandemia do novo coronavírus, o que significa que eles podem funcionar.

A decisão também derrubou a proibição de que o governo federal e o município de Duque de Caxias (RJ) se abstivessem de adotar qualquer estímulo à não observância do isolamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde, assim como o pleno compromisso com o direito à informação e o dever de justificativa dos atos normativos e medidas de saúde, sob pena de multa. 

Leia mais: Justiça de SP derruba liminar que proibia atos religiosos

Em sua decisão, o presidente do TRF2, desembargador Reis Friede, afirmou que a Justiça de primeira instância havia usurpado anteriormente as competências do Legislativo e do Executivo e que existe ainda um perigo de ela perdurar.

“Isso porque a retirada das unidades lotéricas da lista de serviços e atividades essenciais acarretaria, na prática, a possibilidade de seu fechamento por decisão de governos locais, gerando o aumento do fluxo de pessoas nas agências bancárias tradicionais, implicando em aglomerações indesejadas no momento atualmente vivido pela sociedade brasileira”, determinou o desembargador.

África do Sul autoriza repatriação de brasileiros retidos, diz Itamaraty

O governo da África do sul autorizou o voo de repatriação de um grupo com aproximadamente 300 brasileiros que estão retidos em Johanesburgo desde o dia 26 de março em função das medidas restritivas adotadas pelas autoridades locais para combater a pandemia do novo coronavírus. A informação foi confirmada pelo Itamaraty na noite desta terça-feria (31).

Leia também: Incerteza aflige brasileiros barrados por lockdown na África do Sul

O voo da empresa aérea Latam deverá decolar do solo sul-africano nesta quarta-feira (01), às 9h55 (horário em Brasília). O pouso no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo está previsto para às 11h no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, conforme informou o embaixador do Brasil na África do Sul, Nedilson Ricardo Jorge.

A contadora Clarissa Menezes, que mora em São Bernardo do Campos, na Grande São Paulo, revelou que os brasileiros estão distribuídos em 11 ônibus enviados pela Embaixada do Brasil, onde aguardam pelo embarque . A expectativa é que o grupo será encaminhado diretamente para a pista, sem a passagem pelo aeroporto local, que segue fechado. No entanto, os nomes de quem irá embarcar ainda não foram confirmados.

Segundo a brasileira, o sentimento de todos é de angústia, cansaço e torcida pela volta para casa. “A gente pode descer dos ônibus, pegar um ar e espichar as pernas. No meu ônibus, há familias com crianças, todos muito cansados, querendo informações. O sentimento é de ansiedade, falta de informação. Mas o maior de todos [os sentimentos] é a vontade louca de voltar para o Brasil”, desabafou a brasileira.

Leia também: Por que o novo coronavírus consegue se propagar com tanta eficiência

Clarissa contou ainda que os brasileiros hospedados em hoteis tiveram que entrar em acordo com os estabelecimentos para garantir a vaga, caso não consigam embarcar. “É uma angústia muito grande. Eu estava em uma casa de família. A proprietária estava preocupada com o retorno, porque vamos ter contato com 300 pessoas. Mas se comprometeu a nos receber de volta”, disse.

Enquanto esperam horas pela possibilidade de entrar na aeronave que os levará para casa após dias de incertezas, indefinições e angústia, Clarissa disse que os brasileiros ainda enfrentam a fiscalização rigorosa das forças policiais sul-africanas.

“A gente fez checkout, arrumamos as malas. Estamos um sono. As pessoas estão cansadas, com fome, aqui não tem banheiro. Está bem difícil. A polícia está aqui também e faz uma ronda. Uma coisa bem ostensiva. Mas a gente torce para conseguir embarcar nesse avião”, finalizou a contadora Clarissa Menezes.

De acordo com o embaixador brasileiro na África do Sul, Nedilson Ricardo Jorge, o grupo deverá se submeter ao rígido protocolo de controle sanitário, que será realizado pelas autoridades sul-africanas, antes do embarque para São Paulo

Em nota, a companhia aérea Latam informou que já repatriou 16.385 pessoas em 115 voos especiais até  30 de março de 2020 e que permitirá o retorno dos passageiros à América Latina partindo de diferentes partes do mundo.

Nesta quarta-feira (1), além dos passageiros brasileiros que estão em Johanesburgo, a companhia aérea tem programados os seguintes voos: Lisboa-São Paulo/Guarulhos, Sydney-Santiago e Auckland-Santiago, ambos com conexão em São Paulo/Guarulhos. 

A Latam ressaltou que, nas últimas semanas, já repatriou passageiros brasileiros que estavam em Cusco, Lima (Peru), Londres, Jamaica, Portugal, Punta Cana (República Dominicana), Israel e Santiago Chile), complementou o texto.

The Outer Worlds será lançado para Nintendo Switch em junho

The Outer Worlds, o mais recente RPG espacial da A Obsidian Entertainment, será lançado no Nintendo Switch em 5 de junho.

A versão do game para Switch estará disponível digitalmente e fisicamente. A Obsidian revelou no site oficial que a versão física exigirá uma atualização no dia do lançamento para otimizar o gameplay, fornecer texturas com resolução mais alta e várias outras correções. O tamanho do patch ainda não foi definido, mas espera-se que seja de até 6 GB, portanto, os jogadores do Switch precisarão desse espaço livre para jogar.

A publisher Private Division precisou adiar o lançamento de The Outer Worlds no Switch devido ao impacto do COVID-19. Originalmente, ele deveria ser lançado em 6 de março, o que significa que sofreu um atraso de três meses. Isso coloca o lançamento da versão de Switch oito meses depois do console e do PC.

The Outer Worlds é um RPG com cara própria que traz frescor ao gênero sem precisar copiar os que já existem, mas permitindo trazer algo novo Leia mais no review completo.

Inscreva-se no canal do IGN Brasil no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Twitch!

Gareth Bale inova e faz embaixadinhas com bola de golfe

O atacante Gareth Bale, do Real Madrid, levou o desafio das embaixadinhas à outro patamar nesta terça-feira e jogou o grau de dificuldade na lua.

Através de sua conta no Instagram, o galês publicou um vídeo onde faz embaixadinhas com uma bola de golfe, inclusive usando um taco para alternar as embaixadinhas.

O atacante de 30 anos não vive grande fase com a camisa do Real Madrid e rumores indicam que esta pode ser a última temporada do galês na Espanha. Seu contrato está próximo do fim e a diretoria do clube não compactua com a ideia de mantê-lo para o futuro, já que o ponta possui alto salário e umdesempenho abaixo do esperado.

Presidente do Flamengo diz que temporada deve ir até 31 de janeiro

O cenário no futebol brasileiro é de incerteza em função da pandemia do coronavírus, que paralisou todas as competições, mas há alguns planos em vista. O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, revelou nesta terça-feira, que existiu uma conversa inicial com a CBF para que a temporada 2020 se encerre até 31 de janeiro.

Landim apontou que os clubes trabalham com o cenário de paralisação total até 20 de abril, tanto que a imensa maioria deu férias coletivas aos elencos até esta data. A partir daí, cenários serão avaliados de acordo com a evolução do coronavírus no País.

O dirigente explicou que há alguma esperança de as competições serem retomadas em maio. O presidente do Flamengo lembra que os compromissos da Copa Libertadores estão suspensos até 5 de maio, mas reconhece que novo adiamento deverá ser definido pela Conmebol. A tabela do Brasileirão, por sua vez, previa a realização de sua última rodada em 6 de dezembro – ela foi divulgada em fevereiro.

“Convergimos sobre as férias dos atletas até o dia 20 de abril, quando vamos reavaliar para ver se pelo menos poderemos treinar. Expectativa é começar no início de maio, mas hoje já surgiram notícias de que a Conmebol vai precisar retardar mais por causa dos problemas de cruzar as fronteiras. Existem bloqueios”, disse o dirigente, em entrevista à Fla TV.

“Vamos tentar terminar o Carioca e aguardar datas. Vai ser o desafio. Existe acordo com a CBF de que a prioridade é estender e terminar os campeonatos até o dia 31 de janeiro”, acrescentou Landim, apontando que a tendência é de a temporada se estender por todo o primeiro mês de 2020.

Apesar da provável escassez de datas, Landim defende a manutenção do regulamento do Brasileirão, disputado em 38 rodadas, neste ano. “O Flamengo defende que o calendário seja mantido como está. Os pontos corridos já estão há muitos anos, foi assim que os clubes venderam os direitos de imagem. É uma receita importante. Queremos pontos corridos e sem afetar o número dos jogos”, acrescentou.