Facebook proíbe anúncios que prometem cura de coronavírus

O Facebook começa a barrar anúncios que prometem a cura do coronavírus, segundo porta-voz ouvido pelo site Business Insider.

A intenção da rede social de Mark Zuckerberg seria impedir a propagação de notícias falsas pela plataforma e alimentar um clima de medo entre os usuários.

Leia também: Brasileiro com coronavírus recebeu 30 parentes antes de adoecer

“Nós implementamos recentemente uma política para proibir anúncios que se referem ao coronavírus e criam um senso de urgência, como implicar um suprimento limitado ou garantir uma cura ou prevenção. Também temos políticas para superfícies como o Marketplace que proíbe comportamento semelhante”, disse o porta-voz.

Segundo o Business Insider, a rede social ainda está sendo usada para comprar e vender máscaras hospitalares para evitar o contágio.

Leia mais: Brasil tem 20 casos suspeitos de covid-19; número deve aumentar

Segundo o Wired, a Amazon está monitorando as lojas terceiras que estão aumentando o preço de produtos relacionados à prevenção da doença. 

Veja mais:

Fotos mostram como é por dentro do isolamento em Anápolis

Deixe um comentário